Navegar em: Empresas & Negócios

Empresas & Negócios
0

 É sabido que o movimento Associativo Empresarial, em Portugal, se caracteriza pela existência de um elevado número de Associações quando comparado com os restantes países da Europa.
Neste sentido, a Direção da APICAN entendeu que o melhor caminho para a defesa dos seus Associados era a integração na ACAP, pois assim poderão usufruir de uma prestação de Serviços mais completa e dispor de um maior poder de representação externa. Esta deliberação foi tomada em Assembleia-Geral realizada no passado dia 19.

Empresas & Negócios
0


A Yamaha Motor Portugal apresentou os resultados em relação ao ano de 2011. A marca japonesa não só manteve a sua posição de líder em 2011, como ainda a reforçou com um aumento considerável da quota de mercado.
A estatística do mercado náutico elaborada pelo ICOMIA chega 6 meses depois com todos os resultados totais (marca e concorrência). Assim, em 2011 a Yamaha não só esteve em número 1, como ainda aumentou a sua quota de mercado, em todos os seus produtos náuticos: motores fora de borda e motos de água.

Empresas & Negócios
0


A revista Náutica Press faz, em 2012, 10 anos. Decidimos comemorar a data com o lançamento de diversas publicações impressas dedicadas às infraestruturas náuticas. Estamos conscientes que as infraestruturas de apoio à Náutica são um fator de desenvolvimento importante da atividade.

Empresas & Negócios
0


Quer desenvolvimento sustentado da orla costeira
A Agência Independente do Desporto e do Mar (AIDEM) foi constituída em 8 de maio, em Lisboa, no âmbito da Rede Portuguesa para o Desenvolvimento do Território – Instituto do Território, para identificar e criar oportunidades de desenvolvimento da prática desportiva na orla costeira e no mar, assim como das economias associadas a estas áreas.

Empresas & Negócios
0

 Após a Assembleia Geral da Associação Portuguesa da Indústria e Comércio das Actividades Náuticas (ver http://www.nauticapress.com/modules/articles/article.php?id=1013), a nova direção começa a definir objetivos.
A principal missão da APICAN é despertar o interesse institucional pela náutica, defendendo os intervenientes do mercado e promovendo a utilização dos produtos marítimos pelo público em geral. Propõe-se fortalecer o setor, unindo todos os intervenientes e demonstrando as potencialidades do mesmo a todos os interessados.

Empresas & Negócios
0


A experiência e o conhecimento adquiridos no projeto NEA2 serão uma das matrizes base da Estratégia Marítima Atlântica, posicionando, assim, a fileira náutica e os Estados dos 23 parceiros do projeto, entre os quais Portugal, na primeira linha do desenvolvimento do setor. Este contributo para a elaboração do Plano de Ação da Estratégia Marítima Atlântica foi reafirmado na reunião plenária dos parceiros do NEA2, que teve lugar no Porto nos passados dias 26 e 27 de Março, na qual também foi realizado um balanço muito positivo da execução deste projeto europeu.

1 50 51 52 53 54 61